TCU vai fazer auditoria para analisar dados da Previdência Social

In Destaques, Notícias 19 janeiro, 2017 21:13
tcu auditoria conta

Segundo nota do Tribunal de Contas da União, “objetivo é garantir transparência nos dados e o debate qualificado da sociedade civil e do governo”

O Tribunal de Contas da União (TCU) vai realizar uma auditoria para avaliar a situação da Previdência Social no Brasil. A fiscalização foi determinada pelo presidente do órgão, Raimundo Carreiro, e homologada na sessão plenária desta quarta-feira (18).

De acordo com a nota divulgada pelo TCU, “o objetivo é garantir transparência nos dados e o debate qualificado da sociedade civil e do governo frente à principal questão relativa aos gastos públicos atualmente em discussão no Brasil. A auditoria também deverá indicar ao TCU riscos relevantes a serem avaliados em futuras ações de fiscalização”.

Entre os dados que serão analisados pelos técnicos do Tribunal estão a composição das áreas da Seguridade Social e o resultado do orçamento desse setor, suas atuais fontes de financiamento e como estão sendo empregadas na Previdência, e o impacto da Desvinculação de Receitas da União (DRU) sobre a Previdência e a seguridade social. Também serão avaliados os setores que estão sendo beneficiados com desonerações e benefícios fiscais que deveriam financiar a área, o valor da dívida previdenciária, as estimativas de sonegação e de inadimplência e as previsões de gastos com aposentadorias nos próximos anos, além das aposentadorias de militares em outros países.

Na nota, o TCU diz que a auditoria será feita “no primeiro semestre”, o que contrasta com a pressa do governo para aprovar a PEC 287, cuja pretensão é aprovar a matéria na Câmara até março.

Leia também:

A rejeição à ‘reforma’ e as armas do governo

PEC da Previdência reduz proteção e torna aposentadoria integral uma ‘utopia’

“Reforma” da Previdência: governo quer lucrar com ausência de regras de transição

“Reformas” têm o sistema financeiro por trás, diz candidato a presidente da Câmara

Você também pode ler!

A nova estratégia é ‘descolar’ reforma da previdência de Michel Temer

Agenda econômica que impõe reforma da previdência estaria acima da questão presidencial. Equipe econômica pretende agir descolada de Temer

Read More...

Reforma trabalhista: prós e contras da jornada 12 x 36

Sem mecanismos de proteção, o regime de 12 horas de trabalho seguidas de 36 de descanso, sem intervalo para

Read More...

‘Estamos mudando o modelo de sociedade pactuado em 1988’

No Senado, professor Fagnani cita Conceição Tavares para mostrar ‘irresponsabilidade social’ da reforma trabalhista. Ele também critica discussão “a

Read More...

Responda:

Seu endereço de email não será publicado

Mobile Sliding Menu