TCU vai fazer auditoria para analisar dados da Previdência Social

In Destaques, Notícias 19 janeiro, 2017 21:13
tcu auditoria conta

Segundo nota do Tribunal de Contas da União, “objetivo é garantir transparência nos dados e o debate qualificado da sociedade civil e do governo”

O Tribunal de Contas da União (TCU) vai realizar uma auditoria para avaliar a situação da Previdência Social no Brasil. A fiscalização foi determinada pelo presidente do órgão, Raimundo Carreiro, e homologada na sessão plenária desta quarta-feira (18).

De acordo com a nota divulgada pelo TCU, “o objetivo é garantir transparência nos dados e o debate qualificado da sociedade civil e do governo frente à principal questão relativa aos gastos públicos atualmente em discussão no Brasil. A auditoria também deverá indicar ao TCU riscos relevantes a serem avaliados em futuras ações de fiscalização”.

Entre os dados que serão analisados pelos técnicos do Tribunal estão a composição das áreas da Seguridade Social e o resultado do orçamento desse setor, suas atuais fontes de financiamento e como estão sendo empregadas na Previdência, e o impacto da Desvinculação de Receitas da União (DRU) sobre a Previdência e a seguridade social. Também serão avaliados os setores que estão sendo beneficiados com desonerações e benefícios fiscais que deveriam financiar a área, o valor da dívida previdenciária, as estimativas de sonegação e de inadimplência e as previsões de gastos com aposentadorias nos próximos anos, além das aposentadorias de militares em outros países.

Na nota, o TCU diz que a auditoria será feita “no primeiro semestre”, o que contrasta com a pressa do governo para aprovar a PEC 287, cuja pretensão é aprovar a matéria na Câmara até março.

Leia também:

A rejeição à ‘reforma’ e as armas do governo

PEC da Previdência reduz proteção e torna aposentadoria integral uma ‘utopia’

“Reforma” da Previdência: governo quer lucrar com ausência de regras de transição

“Reformas” têm o sistema financeiro por trás, diz candidato a presidente da Câmara

Você também pode ler!

“É nas ruas que a gente pode derrotar as reformas”, afirma Eduardo Mara

Membro da Direção Nacional da Consulta Popular fala sobre Plano Popular de Emergência. Ouça a entrevista Do Brasil de

Read More...

Requião quer referendo para revogar leis aprovadas sem autorização da população

Em participação na 19ª Conferência Nacional dos Bancários, em São Paulo, peemedebista destaca que o Congresso não tem legitimidade

Read More...

Previdência pode ser votada no mês que vem

Governo quer votar, mas oposição diz que não há voto suficientes para aprovar reforma. Da Agência Câmara, no Diário

Read More...

Responda:

Seu endereço de email não será publicado

Mobile Sliding Menu