Resumo semanal – as últimas notícias da “reforma” da Previdência

In Destaques, Notícias 12 março, 2017 11:36
as últimas notícias da "reforma" da previdência

Sem argumentação consistente e apelando para um corpo a corpo mais intenso no Congresso Nacional, governo enfrenta dificuldades em sua base para aprovar a PEC 287. Confira

Racha? Parlamentares da base do governo falam contra a PEC 287 – Último a se pronunciar contra a “reforma” da Previdência foi o senador goiano Ronaldo Caiado, líder do DEM, legenda que integra a base aliada: “governo e parlamentares não têm legitimidade para votar reformas”.

PEC 287: como o governo faz a conta para transformar superávit em “déficit” – Na terceira matéria a respeito do documento Previdência: Reformar para Excluir?, saiba porque o propalado “rombo” previdenciário é um conceito que não corresponde à realidade.

Bancada do PROS rejeita por unanimidade PEC 287 – Deputados defendem debate mais amplo sobre a proposta. “O texto da reforma vindo do governo não tem o nosso apoio pois traz prejuízos a diversas categorias e aos trabalhadores, aposentados e pensionistas de forma geral”, diz Eros Biondini (PROS/MG).

Em pleno 8 de Março, Meirelles ataca: homem deve trabalhar mais se mulher se aposentar com menos tempo – Na Câmara dos Deputados, ministro da Fazenda Henrique Meirelles fez uma defesa agressiva da PEC 287 e do fim da diferenciação de gênero na aposentadoria. Em sessão no Senado, parlamentares da base governista e da oposição expressaram uma visão distinta sobre a questão.

Metroviários de SP param 24 horas contra a “reforma”, no dia 15 de março – No mesmo dia também começa a Greve Nacional da Educação. Sem-Teto também promete voltar à Avenida Paulista em 15 de março.

Previdência privada: um péssimo negócio – Especialistas alertam para os valores incrivelmente baixos pagos pelos planos complementares em relação aos concedidos atualmente pela Previdência Social, e os riscos de se investir durante décadas em instituições sujeitas às oscilações da economia.

Empresa de relator da “reforma” da Previdência está na lista dos devedores do INSS – Deputado Arthur Maia (PPS-BA) é sócio de empresa que tem débitos de mais de R$ 150 mil em tributos previdenciários.

Se governo não tomasse dinheiro da Previdência, não existiria déficit, diz presidente da Anfip – “Os jovens não vão querer saber de Previdência, porque se entra no mercado de trabalho agora e vê que vai ter que trabalhar e contribuir 50 anos. Por que ele vai entrar nessa Previdência que o próprio governo diz que está quebrada?”, questiona Vilson Romero.

“Igualar mulheres e homens na Previdência é uma injustiça” – A ex-secretária de Planejamento da Prefeitura de São Paulo destaca ainda a maior vulnerabilidade de mulheres pobres, negras e moradoras de periferia, normalmente submetidas a empregos informais e mais precarizados.

Na Comissão Especial da “reforma”, policiais civis reivindicam direito a aposentadoria especial – Policiais civis, rodoviários e federais questionam conceito de atividade de risco adotado pelo governo na PEC 287. Forças Armadas, bombeiros e policiais militares ficaram fora da proposta.

Você também pode ler!

“É nas ruas que a gente pode derrotar as reformas”, afirma Eduardo Mara

Membro da Direção Nacional da Consulta Popular fala sobre Plano Popular de Emergência. Ouça a entrevista Do Brasil de

Read More...

Requião quer referendo para revogar leis aprovadas sem autorização da população

Em participação na 19ª Conferência Nacional dos Bancários, em São Paulo, peemedebista destaca que o Congresso não tem legitimidade

Read More...

Previdência pode ser votada no mês que vem

Governo quer votar, mas oposição diz que não há voto suficientes para aprovar reforma. Da Agência Câmara, no Diário

Read More...

2 commentsOn Resumo semanal – as últimas notícias da “reforma” da Previdência

Responda:

Seu endereço de email não será publicado

Mobile Sliding Menu