Racha na base

Para deputado governista, “reforma” da Previdência “já foi, acabou”

In Destaques, Notícias 10 abril, 2017 10:13
onyx lorenzoni prevê derrota do governo na reforam

Onyx Lorenzoni (DEM-RS), membro da Comissão Especial que avalia a PEC 287 e representante do chamado “neoconservadorismo”, prevê: “O governo vai ser fragorosamente derrotado. Essa PEC não passa. Vai ser uma derrota enorme, humilhante”

Em entrevista ao site Congresso em Foco, o deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS) fez severas críticas à proposta de “reforma” da Previdência que tramita na Câmara dos Deputados. Segundo a reportagem, antes mesmo do início da gravação da entrevista concedida ao portal, ele já previu o destino da PEC 287: “já foi, acabou”.

De acordo com a matéria, o parlamentar defende que o projeto seja rejeitado totalmente. “Bem ou mal, a Previdência urbana no Brasil funciona, é uma das raras coisas do governo federal que funciona. Por que ela funciona?”, questiona. Para ele, o governo perdeu a batalha da comunicação. “Sai na rua e pergunta as pessoas o que elas esperam. Elas não esperam nada. Perdeu o encanto.”

Para Lorenzoni, “governo para fazer grandes transformações, reformas tem que estar legitimado pelo voto popular. O governo não é reconhecido como tal, então não adianta”. Segundo ele, o revés do Planalto na questão das alterações do sistema previdenciário pode ser grande. “O governo vai ser fragorosamente derrotado. Essa PEC não passa. Vai ser uma derrota enorme, humilhante.”

Confira a íntegra da entrevista aqui.

Foto de capa: Alex Ferreira/Câmara dos Deputados

Leia também:

Vídeo de Temer mostra que desinformação é estratégia para aprovar PEC 287

Site lança programa de rádio, a Rádio Previdência

Você também pode ler!

“É nas ruas que a gente pode derrotar as reformas”, afirma Eduardo Mara

Membro da Direção Nacional da Consulta Popular fala sobre Plano Popular de Emergência. Ouça a entrevista Do Brasil de

Read More...

Requião quer referendo para revogar leis aprovadas sem autorização da população

Em participação na 19ª Conferência Nacional dos Bancários, em São Paulo, peemedebista destaca que o Congresso não tem legitimidade

Read More...

Previdência pode ser votada no mês que vem

Governo quer votar, mas oposição diz que não há voto suficientes para aprovar reforma. Da Agência Câmara, no Diário

Read More...

Responda:

Seu endereço de email não será publicado

Mobile Sliding Menu