Investidores, bancos e fundos de pensão: os interlocutores de Marcelo Caetano

In Capa, Notícias 8 dezembro, 2016 15:50

Veja aqui com quem o secretário da Previdência do governo Temer conversou nos últimos meses e entenda melhor os objetivos da proposta de reforma.

Por Patrícia Cornils

Os milhões de brasileiras e brasileiros que serão afetados pela reforma da Previdência se ela passar deveriam olhar com cuidado a agenda do secretário de Previdência, Marcelo Caetano, responsável pela proposta do governo. A agenda é pública, e está no site do Ministério da Fazenda.

Ali, é possível ver quem são os principais interlocutores do governo Temer para a elaboração da reforma: bancos, fundos de pensão, associações patronais e grandes empresas financeiras estrangeiras. Entre os compromissos, reuniões com representantes da Gap Asset Management, BBM, confederações patronais, Bradesco, Standard & Poor’s, Fundo Monetário Internacional (FMI) e Fiesp. Uma agenda típica não de um secretário da Previdência, mas de um “ministro da Previdência Privada”. A lista completa de seus compromissos públicos, desde que assumiu, está abaixo e foi levantada por Denise Lobato Gentil, professora da UFRJ e pesquisadora do tema, “com a angústia de quem descobriu que trabalhará até 80 anos caso a reforma da Previdência seja aprovada”.

As centrais sindicais, que representam os trabalhadores no debate do tema, só foram recebidas no dia 5 de dezembro, um dia antes da entrevista coletiva de Caetano para anunciar a reforma. Sabem por que? Porque quanto pior, mais restritivo e excludente for o sistema público de seguridade social, maiores as oportunidades de os interlocutores prioritários do secretário venderem seus planos privados. Veja a lista abaixo e tire suas conclusões.

29/07/16 – Reunião com representantes da Gap Asset Management
01/08/16 – Reunião com representante do Banco BBM
05/08/16 – Reunião com confederações patronais
08/08/16 – Reunião com representantes da Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNseg)
12/08/16 – Reunião Ordinária do Conselho Nacional dos Dirigentes de Regimes Próprios de Previdência Social (Conaprev)
18/08/16 – Reunião Ordinária do Conselho Nacional dos Dirigentes de Regimes Próprios de Previdência Social (Conaprev); reunião com representantes da Confederação Nacional da Indústria (CNI)
30/08/16 – Reunião com representantes do Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (IBMEC)
31/08/16 – Reunião Ordinária do Conselho Nacional de Previdência Complementar (CNPC)
01/09/16 – Reunião do Conselho de Administração da Brasilprev
06/09/16 – Reunião com representantes do Bradesco
13/09/16 – Reunião com representantes da JP Morgan Private Bank
20/09/16 – Reunião com representantes da Fitch Ratings
21/09/16 – Reunião com representantes do Banco Santander
22/09/16 – Reunião com representantes do Fundo Monetário Internacional (FMI)
27/09/16 – Reunião com representantes do Fórum das Empresas Transnacionais (FET); reunião com representantes do Bradesco e da Wellington Management
29/09/16 – Reunião com investidores da PIMCO
06/10/16 – Reunião com representantes do MBL
21/10/16 – Reunião com representantes da Fiesp; Teleconferência com representantes do Bradesco BBI
25/10/16 – Reunião com representantes da Standard & Poor’s
23/11/16 – Reunião com representantes XP Investimentos
30/11/16 – Reunião com representantes do JP Morgan Private Bank
05/12/16 – Debate sobre Reforma da Previdência com representantes das Centrais Sindicais

Você também pode ler!

Os pobres novamente sob suspeita

Entre o último trimestre de 2014 e o primeiro trimestre de 2017, o número de desempregados passou de 6,4

Read More...

Região Norte se mobiliza para greve geral de 30 de junho; confira a agenda

Movimentos de esquerda irão tomar as ruas nesta sexta-feira durante a greve geral contra as reformas do governo golpista

Read More...

Carlos Pompe: Semana decisiva para barrar a Reforma Trabalhista

A Reforma Trabalhista deve ser apreciada dia 28 na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado. Um

Read More...

4 commentsOn Investidores, bancos e fundos de pensão: os interlocutores de Marcelo Caetano

Responda:

Seu endereço de email não será publicado

Mobile Sliding Menu