Existem alternativas para a relação entre previdência e o envelhecimento da população

In Capa, Notícias 26 junho, 2017 17:05

O governo declara que, por causa do envelhecimento da população, se a reforma da previdência proposta por Michel Temer não for aprovada, até 2060 todo o sistema previdenciário do país estará quebrado, sem chances de recuperação.
Será mesmo que não existe outra possibilidade de reforma?
Alguma que garanta uma velhice digna para quem passou a vida trabalhando?

O governo diz que não há alternativas, mas esse argumento também é falso. Muitos países já passaram por questões envolvendo o envelhecimento da população e encontraram saídas que não condenaram nenhum trabalhador à morte.

Em 2050, teremos 50 milhões de idosos em todo o país. Hoje, quase 50 milhões de brasileiros não contribuem para a previdência social por estarem no mercado informal ou em empregos precários. Só as contribuições destes trabalhadores, se fossem contratados conforme a lei e recebessem seus direitos trabalhistas corretamente, seria suficiente para garantir que os idosos de 2050 recebessem suas aposentadorias dignamente.

Assim como aqui no Brasil, na Europa existem sistemas de Seguridade Social em diversos países e a solução para manter o sistema funcionando e os idosos aposentados foi encontrada no desenvolvimento de políticas econômicas que garantissem o crescimento da arrecadação, não o corte total dos direitos de quem passou a vida trabalhando.

Exigir que todos os trabalhadores abram mão de uma velhice mais segura para não fazer a economia crescer como se deve é terrorismo.

Por que o governo não quer debater a reforma da previdência para encontrar outras soluções? Por que tanta pressa em desmontar a previdência?

Assista ao sétimo vídeo da web-série ‘Reforma da Previdência: você acha justo?’ aqui:

Você também pode ler!

“É nas ruas que a gente pode derrotar as reformas”, afirma Eduardo Mara

Membro da Direção Nacional da Consulta Popular fala sobre Plano Popular de Emergência. Ouça a entrevista Do Brasil de

Read More...

Requião quer referendo para revogar leis aprovadas sem autorização da população

Em participação na 19ª Conferência Nacional dos Bancários, em São Paulo, peemedebista destaca que o Congresso não tem legitimidade

Read More...

Previdência pode ser votada no mês que vem

Governo quer votar, mas oposição diz que não há voto suficientes para aprovar reforma. Da Agência Câmara, no Diário

Read More...

Responda:

Seu endereço de email não será publicado

Mobile Sliding Menu