Câmara dos Deputados cria comissão que vai analisar a PEC 287

In Destaques, Notícias 7 fevereiro, 2017 14:59
rodrigo maia cria comissao da previdencia

Ato de criação foi determinado por Rodrigo Maia (DEM-RJ) nesta terça (7). Partidos têm até quinta-feira para indicar os 36 integrantes

O presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (DEM-RJ) determinou nesta terça-feira (7) a criação da comissão especial que vai analisar a “reforma” da Previdência proposta pelo governo Temer. O ato foi lido na sessão do início da tarde por Carlos Manato (SD-ES), um dos suplentes da Mesa Diretora.

As legendas terão até as 14h de quinta-feira (9) para indicar os 36 integrantes da comissão. O líder do PCdoB, Daniel Almeida (BA), criticou a pressa para efetivar o trâmite das “reformas” da Previdência e trabalhista. “Em nenhum lugar do mundo se aprova um tema desses em poucos dias”, disse o deputado à Agência Câmara, adiantando que a oposição deve tentar postergar a indicação dos membros do colegiado.

“O que mais nos preocupa é que sabemos como funciona o sentimento de trator do governo. Temos a posição clara de que estas reformas, do jeito que estão propostas, não atendem aos interesses da sociedade e dos trabalhadores e vamos trabalhar para retardar e evitar que isso aconteça”, acrescentou o líder do PDT, Weverton Rocha (MA), em declaração à Agência Brasil.

Nesta segunda-feira (6), Carlos Marun (PMDB-MS) foi indicado pelo seu partido como presidente da comissão que vai analisar a PEC 287. Ele foi um dos mais leais membros da tropa de choque do ex-presidente da Câmara e ex-deputado Eduardo Cunha. Durante a sessão que selou a cassação do parlamentar, em 12 de setembro do ano passado, Marun foi o único deputado a discursar em seu favor. Na ocasião, pediu a palavra sete vezes antes da votação, concluída com 10 votos contrários à perda de mandato de Cunha.

Entenda a tramitação da PEC da “reforma” da Previdência aqui.

Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

Leia também:

Previdência: Cunha no comando da reforma?

PMDB indica “defensor solitário” de Cunha para presidência da comissão da “reforma” da Previdência

Você também pode ler!

Delaíde Arantes, ministra do TST: “Não é hora para reformas. A saída é pela economia”

Previdência, mitos e verdades reproduz para seus leitores a entrevista de Delaíde Alves Miranda Arantes, ministra no Tribunal Superior

Read More...

Reforma da Previdência ameaça povos originários, dizem entidades indigenistas

PEC 287 é uma das grandes preocupações das comunidades neste 19 de abril, em que se comemora o Dia

Read More...

Governo apresenta cálculo com erros e omite dados de material para justificar Reforma da Previdência

Por Helena Borges, no The Intercept_ Vinte especialistas em economia, matemática, engenharia e computação analisaram a metodologia que o

Read More...

Responda:

Seu endereço de email não será publicado

Mobile Sliding Menu