Bloco “Grito da Previdência” sai às ruas de Vitória (ES) contra a PEC 287

In Agenda, Destaques 3 fevereiro, 2017 11:42
bloco de carnaval grito da previdencia contra a pec 287

Entidades sindicais do Espírito Santo vão denunciar, por meio de marchinhas de carnaval, desmonte do sistema previdenciário

O Sindipúblicos, junto com outras entidades que compõe o Fórum das Entidades dos Servidores Públicos do Espírito Santo (Fespes), sai às ruas de Vitória (ES) no próximo dia 15 de fevereiro para protestar e conscientizar a população a respeito dos riscos da “reforma” da Previdência proposta pelo governo Temer. O grupo também pretende denunciar o arrocho salarial e a redução de investimentos no serviço público promovidos pelo governo estadual, comandado por Paulo Hartung.

Serão entoadas marchinhas carnavalescas sobre o desmonte do sistema previdenciário e os participantes vão contar ainda com um “kit previdência” para informar a população sobre as mudanças contidas na PEC 287, que tramita na Câmara dos Deputados.

A concentração acontece no dia 15 de fevereiro, às 9h30, na Praça Doutor Demócrito Freitas, em frente a atual sede do IPAJM próxima a Sedu).

Foto: Sindipúblicos

Leia também:

Presidente do TCU: faltam gestão e governança na Previdência e a PEC 287 não trata disso

Mulheres protestam contra PEC 287 na Câmara dos Deputados

“Reforma” da Previdência vira piada até na Globo

Você também pode ler!

Metrô e ônibus aderem à Greve Geral e vão parar por 24h no dia 28 em São Paulo

Fernando Borgonov, no portal CTB Na manhã desta quinta-feira (20), na sede da UGT, foi realizada uma reunião entre

Read More...

“Há outras possibilidades de reforma da previdência”, destaca Maria Lúcia Werneck Vianna

Luiza Medeiros, para o CEE-Fiocruz, no site da ABRASCO A proposta de Reforma da Previdência (PEC nº 287) exclui

Read More...

Delaíde Arantes, ministra do TST: “Não é hora para reformas. A saída é pela economia”

Previdência, mitos e verdades reproduz para seus leitores a entrevista de Delaíde Alves Miranda Arantes, ministra no Tribunal Superior

Read More...

Responda:

Seu endereço de email não será publicado

Mobile Sliding Menu