BH tem ato contra “reforma” da Previdência nesta quarta (8)

In Agenda, Destaques 7 fevereiro, 2017 16:29
campanha naciona contra a reforma da previdencia

Entidades vão se reunir a partir das 10h, na Praça Sete, centro da capital mineira

Nesta quarta-feira (8), acontece em Belo Horizonte (MG), um ato contra a PEC 287, a proposta de “reforma” da Previdência que está em tramitação na Câmara dos Deputados. A concentração está marcada para a Praça Sete, no centro da cidade, a partir das 10h.

A organização é fruto de uma parceria de entidades sindicais e da sociedade civil em geral junto com a Frente Mineira Parlamentar e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que decidiram promover a manifestação em encontro realizado em 24 de janeiro. Na ocasião, foi divulgado um documento conjunto contestando as motivações do governo para propor a PEC 287.

“O discurso do Governo Federal de que a previdência social não é sustentável leva em consideração em seus cálculos apenas as contribuições sobre a folha de pagamento, deixando de incluir na receita da previdência social as arrecadações da COFINS e CSSLL, por exemplo, contribuições essas destinadas à seguridade social conforme artigo 195 da Constituição Federal”, afirma o texto.

Ato contra PEC 287 em Natal (RN)

Outra capital que terá manifestação contra a proposta do governo Temer de mudanças na Previdência Social é Natal, no Rio Grande do Norte. O movimento Potiguar em Defesa da Previdência realiza ato público em frente ao prédio do INSS, a partir das 10h desta quarta-feira.

De acordo com as entidades que organizam a manifestação, o objetivo é ampliar o debate sobre a “reforma” previdenciária e criar bases para uma grande mobilização nacional contra os inúmeros efeitos negativos da PEC 287.

Leia também:

Câmara dos Deputados cria comissão que vai analisar a PEC 287

Denise Gentil, Eduardo Fagnani e Ivan Valente participam de debate sobre Previdência na Apeoesp

Reforma da Previdência, proteção ao mercado e desvalorização da vida

Você também pode ler!

“É nas ruas que a gente pode derrotar as reformas”, afirma Eduardo Mara

Membro da Direção Nacional da Consulta Popular fala sobre Plano Popular de Emergência. Ouça a entrevista Do Brasil de

Read More...

Requião quer referendo para revogar leis aprovadas sem autorização da população

Em participação na 19ª Conferência Nacional dos Bancários, em São Paulo, peemedebista destaca que o Congresso não tem legitimidade

Read More...

Previdência pode ser votada no mês que vem

Governo quer votar, mas oposição diz que não há voto suficientes para aprovar reforma. Da Agência Câmara, no Diário

Read More...

Responda:

Seu endereço de email não será publicado

Mobile Sliding Menu